domingo, 28 de abril de 2013

PROMESSA



Não prometo ser boa, penso em maldades.
Não prometo ser forte, tenho medo.
Não prometo ser delicada, sou grosseira quando estou triste.
Não prometo ser carinhosa, sou um pouco fria.
Não prometo dizer as coisas certas, às vezes me expresso mal.
Não prometo ser feliz o tempo todo, sou um pouco instável.
Não prometo fazer as coisas do jeito certo, sou errada.
Não prometo ser a mulher dos seus sonhos, a amiga perfeita, a amante ideal.
Não prometo equilíbrio, sou passional.

Prometo apenas o que tenho.
Que pode ser pouco, pode ser triste, pode ser instável.
Pode ser desajeitado, pode ser confortante.
Pode ser alegre, pode ser esperança, pode ser bonito.
Só posso isso.
Mas prometo dividir tudo.

 Poema tirado do Blog: http://cristianeoshima.blogspot.com.br/

3 comentários:

  1. Querida obrigada por me seguir.Vim conhecer teu Blog e amei.Parabéns pela escolha do texto do Post.Lindo.Já estou me instalando no teu Blog.
    Felicidades sempre.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  2. ta rolando sorteio, lá no blog gostaria que vc participasse http://femininaoficial.blogspot.com.br/2013/04/sorteio-o.html#comment-form

    ResponderExcluir
  3. Querida Ângela!

    Somos tão pobres nesta vida! Mendigos; a mendicidade cumpre junto à nossa existência. Mas, é por isto que temos uns aos outros. Sozinhos nada somos, juntos, podemos muito.

    beijinhos com sabor de quero mais...

    ResponderExcluir